Os 10 Maiores Picas Grossas do UDC

Por Bruno Barbosa

Dia desses terminei de ler uma HQ e fiquei pensando na quantidade de personagens existentes naquele universo. Era algo tão vasto que seria difícil enumerar a quantidade heróis e ranqueá-los de acordo com o poderio de cada um. Pensei então em quais seriam os maiores heróis do Universo DC e resolvi criar uma lista com pelo menos 10 deles em ordem de importância. Inicialmente pensei em listar simplesmente os mais poderosos, mas percebi que alguns personagens de suma importância não entrariam e constariam na lista alguns personagens quase desconhecidos. Os critérios que decidi utilizar então foram, além dos grau de poder, os atos realizados e a importância do personagem dentro do UDC.

Foi um trabalho muito difícil, pois há diversos personagens que se equivalem, muitos poderosos pouco explorados e alguns que ganharam muita importância somente nos últimos anos. Além disso, precisei tentar ser o mais imparcial e racional possível para que minhas preferências pessoais não impactassem no produto final. Alguns personagens que no meu entendimento mereciam fazer parte do hall de maiores, acabaram ficando de fora por detalhes. O resultado vocês conferem a seguir:

10º Lugar: Lanterna Verde Alan Scott

É o primeiro lanterna verde, surgido na era de ouro antes mesmo de ter sido criada a própria Tropa dos Lanternas Verdes, da qual não faz parte. Scott ganhou seus poderes ao encontrar uma lanterna mágica e ser convocado por uma entidade a assumir a missão de ser o lanterna verde. Com seu anel, pode fazer construtos como os guerreiros da Tropa, além de ligações com a magia. Diferentemente dos outros lanternas verdes, seu poder vem no Coração Estelar, a entidade que convocou-o, que trata-se de um aglomerado de energia sapiente reunida pelos Guardiões do Universo há milhões de anos. Alan fundou e liderou a Sociedade da Justiça da America, o primeiro grupo de super-heróis existente. Teve dois filhos meta-humanos muito poderosos: Jade e Manto Negro. Apesar de não ser um oficial da Tropa, é respeitado pelos Guardiões do Universo. No futuro visto em Reino do Amanhã, é ele o lanterna verde que, isolado na lua, protege a Terra utilizando uma armadura forjada do Coração Estelar. Possui grande importância histórica na DC e não poderia deixar de figurar entre os maiorais da editora.

9º Lugar: Arqueiro Verde

Oliver Queen é um milionário que decide dedicar a vida ao combate ao crime como vigilante em sua cidade natal. A semelhança com o Batman vem do fato de que originalmente suas histórias foram inspiradas no Homem-Morcego. Entretanto, as comparações param por aí, visto que Oliver Queen era um playboy que apenas passou a preocupar-se com o crime após ir parar em uma ilha como náufrago e ter que sobreviver às adversidades do local e a uma quadrilha de traficantes. Extremamente habilidoso no uso do arco e flecha, possui uma pontaria impecável, capaz de acertar diversos alvos de uma só vez. Queen possui características de homens comuns, a despeito de seus colegas praticamente semideuses, portanto suas histórias chegam mais próximo da natureza humana. Ele traiu a Canário Negro, abandonou um filho que fez com uma ex-namorada e ainda teve um outro filho com uma vilã. Formou, ao lado de Hal Jordan, uma das parcerias mais bacanas do UDC, cujas histórias abordavam temas polêmicos e constantes no mundo real, como o uso de drogas. Apesar de seu caráter duvidoso em certos aspectos, possui uma ideologia social quase esquerdista, vindo a tornar-se prefeito de sua cidade natal em certa ocasião, o que desencadeou uma sequência de fatos que culminaram com a falência de suas indústrias. Tendo perdido sua fortuna, continuou lutando contra o crime e pelos desfavorecidos. Teve culhões de matar duas vezes, uma quando Dinah seria estuprada e outra para vingar-se do homem que amputou o braço de Roy Rarper, seu pupilo. Foi execrado pelas autoridades por isso e entregou-se voluntariamente à justiça, revelando inclusive sua identidade secreta. Inocentado, foi exilado de Star City, mas continuou patrulhando as ruas às escondidas. Em O Cavaleiro das Trevas, de Frank Miller, um Oliver Queen com um dos braços amputados demonstrou que continuava com uma pontaria afiada. Também já morreu uma vez e foi trazido da morte por Hal Jordan quando este encarnava o Espectro.

8º Lugar: Capitão Marvel

Billy Batson é um radialista mirim que, por suas virtudes, foi escolhido pelo Mago Shazam como seu segundo campeão, já que o primeiro, Adão Negro, havia enveredado pelo caminho do mal. Ele passou então a possuir o poder de Shazam, que fornece a ele a sabedoria de Salomão, a força de Hércules, o vigor de Atlas, o poder de Zeus, a coragem de Aquiles e a velocidade de Mercúrio. Nota-se então que o capitão fraldinha é capaz de dominar milhares de idiomas e ciências, possui superforça (capaz de mover e destruir planetas, quando foi criado), é invulnerável e longevo, pode evocar o poder do relâmpago mágico, nada teme e pode voar e correr em altíssima velocidade. Marvel foi responsável por conter a fúria do Espectro em Crise Infinita, quando a entidade ficou sem um hospedeiro que a controlasse e decidiu lançar sua fúria sobre a Terra. Em quase todas as crises do UDC teve participação importante e quando o mago Shazam foi transformado em estauta, foi convocado para substituí-lo dentro da Pedra da Eternidade, controlando todo o poder de Shazam e os sete pecados capitais. Em 52, no capitúlo 3ª Guerra Mundial, venceu facilmente Adão Negro simplesmente mudando a palavra mágica e atirando sobre ele o relâmpago. Assim Adão voltou a ser humano e não conseguiu evocar o poder de Shazam novamente (pelo menos por um tempo). Marvel é tão foda que conseguiu inclusive vencer os executivos da DC, que o compraram da Fawcett com o único intuito de colocá-lo na geladeira, já que ele estava fazendo mais sucesso do que o Superman. Também venceu imbróglio com a Marvel, que queria proibir a DC de utilizar o personagem por causa do nome, o que no fim impediu apenas que suas revistas tivessem o título Capitão Marvel, passando a chamarem-se Shazam!

7º Lugar: J’onn J’onzz, O Caçador de Marte

J’onn é o único sobrevivente do planeta vermelho, mas não foi salvo como o Superman, quando criança, de uma explosão. Ele simplesmente sobreviveu a uma pandemia que devastou o planeta e dizimou quase todos os marcianos verdes e brancos (acreditava-se que era o único sobrevivente, mas depois a DC inventou outros, assim como fez com o Superman). O verdão tem uma gama de poderes como telecinese, intangibilidade, invisibilidade, transmutação, visão de raio x (sem a limitação e não enxergar através do chumbo, como o Superman), visão de calor, superforça, supervelocidade, invulnerabilidade (vulnerável apenas ao fogo), regeneração e uma telepatia tão poderosa que ele é capaz de achar qualquer ser na face da terra e conectar mentalmente todos os integrantes da LJA (Cerebro é para os fracos, Professor X.). Ele também é um exímio detetive e foi definido por Batman como um amálgama dele com o Superman e por este como o ser mais poderoso da face da terra. Porra! E o cara ainda gosta de Negresco!

6º Lugar: Dick Grayson

O primeiro Robin foi tão bem sucedido em seu treinamento com o Homem-Morcego que decidiu tirar a roupinha de duende e trilhar seu próprio caminho como Asa Noturna, não sem antes disso fundar e tornar-se líder dos Titãs ainda como menino-prodígio. Trapezista desde a infância, possui habilidades acrobáticas quase sobre-humanas, domina artes marciais quase tão bem quanto seu mentor e também é um excelente investigador. Vale lembrar que ele não foi substituído como Robin (como Tim Drake e Sthepanie Brown), tampouco morreu (como Jason Todd). Simplesmente ficou puto com o Batman, mandou ele ir pastar e seguiu sua vida. Tem que ser muito pica grossa para fazer isso com o morcegão. E ele é tanto que foi o escolhido para substituí-lo quando de sua suposta morte, saindo-se tão bem que o próprio Bruce Wayne decidiu mantê-lo como um segundo Batman quando retornou. Ah, enquanto Batman ele ainda conseguiu colocar na linha o Robin Damian, filho de Bruce com Talia Al Ghul, que foi criado e treinado pela Liga dos Assassinos. E porra, o cara pegou a Barbara Gordon e a ESTELAR!

5º Lugar: Flash Barry Allen

Velocistas sempre foram uma constante no UDC. Joel Ciclone (Jay Garrick), Johnny Quick, Liberty Belle, Adam West (terceiro Flash), Bart Allen (quarto Flash) e o vilão Flash Reverso, isso sem contar os que tem poder de supervelocidade, como Superman, Caçador de Marte, Capitão Marvel, Adão Negro e outros. Barry Allen difere-se de todos os outros por ser o homem mais rápido do mundo, superando todos facilmente. Ele consegue vibrar suas moléculas de modo a atravessar objetos sólidos, viajar no tempo e até mesmo atravessar dimensões, visitando os mundos paralelos do multiverso e ainda tem a capacidade de raciocinar tão rápido quanto se locomove. Barry foi um dos principais responsáveis por derrotar o Antimonitor em Crise nas Infinitas Terras, destruindo seus canhões de antimatéria. Correu tão rápido que foi sugado pela Força de Aceleração e desapareceu, só retornando recentemente em Crise Final. Mas mesmo enquanto estava preso à Força de Aceleração, ajudou seu neto Bart Allen e seu sobrinho Wally West a deterem o Superboy Primordial em Crise Infinita. Rcentemente, em A Noite Mais Densa, tornou-se um lanterna azul e foi importante para a derrota de Nekron e dos lanternas negros. Além disso tudo, Barry também é um exímio perito criminal.

4º Lugar: Mulher Maravilha

Diana foi forjada a partir do barro pela Rainha Hipólita de Themyscira (ou Ilha Paraíso), a terra das amazonas. Ganhou vida através de cinco deusas do Olimpo, que ainda conferiram-lhe superoderes, como superforça, supervelocidade, reflexos apurados, voo e superresistência a ferimentos. Além disso é uma exímia guerreira, treinada exautivamente pelas amazonas e perita no combate com mãos vazias ou com armas brancas. Diana também é resistente a magia e possui um laço capaz de fazer seus adversários falaram apenas a verdade quando laçados por ela. Ela ainda possui a benção dos Deuses do Olimpo, principalmente Athena, e é embaixadora de Themyscira no mundo do patriarcado, pregando a paz entre os povos. Ela também carrega a responsabilidade de ser uma super-heroína que surgiu em uma época em que predominava o sexo masculino entre os heróis dos quadrinhos. Apesar disso, conseguiu destaque e não apenas virar coadjuvante ou estar ali apenas para servir como par feminino de algum herói já consagrado. Além de tudo isso, Diana protagonizou uma das cenas mais polêmicas do UDC: em Crise Infinita, ao perceber o Superman sob o controle mental de Maxwell Lord, que pretendia exterminar todos os meta-humanos, ouviu deste que a única maneira de fazê-lo parar e livrar o Superman de seu controle seria matando-o. Diana não teve dúvidas, segurou na cabeça de Lord e girou-a para trás, quebrando seu pescoço. Tem que ser muito pica grossa para tomar uma decisão como essa.

3º Lugar: Lanterna Verde Hal Jordan

Hal sofre de certa discriminação entre alguns fãs da tropa, porque foi um personagem resgatado do ostracismo, já que a DC havia decidido fazer dele um vilão e depois voltou atrás. Entretanto, não se pode negar que é o lanterna verde mais popular, além de ser o mais pica grossa de todos. O sujeito, em um acesso de fúria, simplesmente destruiu a bateria energética central de Oa e matou todos os Guardiões à exceção de um, além dos lanternas que protegiam o planeta, incluindo o Kilowog. Claro que ele estava possuído por Parallax, a entidade amarela do medo, que posteriormente transformou-se na entidade da Tropa Sinestro, os lanternas amarelos. Pois bem, depois disso Jordan, em um momento de lucidez, destruiu o Devorador de Sóis que ameaçava acabar com o universo, suicidando-se. Após sua morte, foi possuído pelo Espectro, o Espírito da Vingança de Deus, voltou à vida, livrou-se da possessão do Espectro e de Parallax, derrotando-o. Viria a derrotá-lo novamente em Guerra dos Anéis (Sinestro Corps), quando foi personagem central para derrotar a tropa amarela de Sinestro, em quem deu uma surra de mãos vazias quando os anéis de ambos foram descarregados. O herói ainda derrotou vilões como Superciborgue e Mongul várias vezes e participou ativamente de praticamente todas as crises do UDC, sempre como um dos personagens centrais. Pra finalizar, ainda é um dos maiores pegadores do UDC, pilota um F16 e não tem medo do Batman, tendo inclusive já dado (e levado depois) um boxe nele. Porra, o cara é foda!

2º Lugar: Superman

É claro que o outrora último filho de Krypton tinha que entrar nesta lista, afinal ele foi por muito tempo o super-herói mais poderoso do universo, capaz até mesmo de mudar órbitas de planetas. Suas virtudes, como a honestidade acima de qualquer suspeita, sempre fizeram dele um dos heróis mais respeitados e admirados do UDC. Seus poderes todos já conhecem e praticamente definiram um padrão visto em inúmeros outros personagens de HQs e até de mangás: superforça, supervelocidade, superaudição, invulnerabilidade, visão de raio x, visão de calor, visão telescópica, supersopro, sopro congelante e capacidade de voar. É membro fundador da Liga da Justiça da América e participou de todos os grandes eventos da DC, muitos como um dos protagonistas, com destaque para a saga Crise Infinita, quando, junto com sua contraparte da Terra-2, atravessou um sol vermelho agarrado ao Superboy Primordial, conseguindo assim detê-lo. Ele possui uma gama de inimigos que podem ser considerados os mais poderosos e temidos do universo, como Mongul, Zod, Brainiac e, claro, Darkseid. E já derrotou todos eles inúmeras vezes. Além disso tudo, Superman é uma referência incontestável no mundo fantástico dos super-heróis, sendo considerado tão importante no mundo real que o arco de sua morte, nos anos 90, foi amplamente divulgado por veículos de comunicação adultos em todo o mundo. E, recentemente, causou revolta entre os estadunidenses a história em que ele abdica de sua cidadania americana para tornar-se um defensor de todo o planeta. O azulão merece a posição, sem sombra de dúvidas.

1º Lugar: Batman

Bruce Wayne é o personagem que mais inflige o medo e o respeito, tanto em seus inimigos quanto em seus próprios aliados. É membro fundador da LJA e foi líder dela em praticamente todas as suas formações, inclusive tendo passado essa responsabilidade a seu substituto Dick Grayson, quando este assumiu o capuz do morcego. Além de liderar a LJA, Batman também foi responsável por coordenar outros grupos de heróis, como os Renegados e as Aves de Rapina. Sempre esteve em pé de igualdade com qualquer meta-humano existente no universo, mesmo sendo apenas um homem sem nenhum superpoder. É o maior investigador do UDC, possui capacidade de dedução absurda, domina praticamente todas as artes marciais existentes e diversas ciências, entre elas a medicina, a computação, a robótica e diversos tipos de engenharia. Projetou sozinho o batcomputador, tido como o maior e melhor computador da face da terra, além de diversos modelos de batmóvel, armas, equipamentos, armaduras e produtos químicos. Não à toda, é tido com um dos dois homens mais inteligentes da terra, quiçá o maior deles. É um estrategista frio e calculista ao extremo, tão ciente de suas limitações que dificilmente subestima um adversário e tão preparado para adversidades que tem arquitetados planos para neutralizar qualquer meta-humano conhecido, inclusive os heróis que lutam ao seu lado. Aliás, Batman é extremamente preocupado com o que seres superpoderosos podem fazer, sentimento que aumentou quando Hal Jordan surtou após a destruição de Coast City e praticamente destruiu a tropa dos lanternas verdes. Essa preocupação fez com que ele construísse o Irmão Olho, um satélite colocado na órbita terrestre e responsável por vigiar todos os meta-humanos da face da terra, dotado de inteligência artificial capaz de estudá-los e neutralizá-los se necessário. Esse satélite, posteriormente dominado por Maxwell Lord e ao adquirir autoconsciência, deflagra o evento Crise Infinita. Nos anos 90 Batman também teve sua coluna vertebral partida por Bane, ficando paraplégico, porém recuperando-se depois de algum tempo e dado o troco no vilão. E antes dos eventos vistos em Crise de Identidade, sofreu lobotomia mágica por Zatanna para apagar de sua mente algo que ele não concordava, porém conseguiu sozinho recuperar essas memórias. Recentemente, após entrar em estafa mental, foi perseguido pelo grupo Luva Negra, sofreu lavagem cerebral e perambulou por Gothan City sofrendo alucinações. Conseguiu superar tais efeitos e desbaratou a organização, fugindo da morte certa. Depois, em Crise Final, escondeu-se no laboratório em que Darkseid era revivido e matou o vilão antes que este estivesse completamente fortalecido, mas também acabou atingido pela sanção ômega e foi dado como morto. Na verdade, foi enviado para a pré-história sem conseguir lembrar-se de quem era, mas sua mente é tão forte que guiou-o através das eras fazendo com que deixasse pistas de que estava vivo, chegando ao final dos tempos e depois retornando à sua própria época, arquitetando um plano engenhoso. E o cara ainda pegou a Talia al Ghul, a Selina Kyle e um sem número de gostosas. Ah, sim, possui as melhores histórias da DC, como as memoráveis O Cavaleiro das Trevas, O Messias, A Piada Mortal e O Último Dia das Bruxas. Também é o único herói a conseguir ser adapatado para o cinema com louvor por 4 vezes, sendo seu último filme indicado ao Oscar em oito categorias e vencido duas, além de ter alcançado uma das maiores bilheterias de todos os tempos.

Porra, não tem como competir, é o maior pica grossa da DC. Não, ele é o PICA DAS GALÁXIAS, ou melhor, do UNIVERSO DC. Não, é o maior de todos, todos, TODOS os super-heróis de todas as editoras de todos os tempos! Se fode aí, Marvel! Chupa marvete! Hauahauahahaha… haha… ha… er… uhum…

Bem, como podem ver, tentei ser o mais imparcial possível. Muitos heróis superpoderosos ficaram de fora por não possuírem tanta importância, bem como alguns importantes atualmente não entraram por não possuírem um histórico no UDC que justificasse suas presenças. Espero que tenham gostado. Em breve (leia-se: quando eu tiver tempo) farei uma lista com os maiores vilões.

Um comentário em “Os 10 Maiores Picas Grossas do UDC

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s